Resenhando: Chappie (Filme)


Oi,oi, gente. Tudo bem? Este esse filme, que jurei que seria chato, estava atoa aqui e acabamos assistindo. Por mais que parecesse monótono demais um filme sobre criminalidade e uma era robótica foi uma surpresa o caminho que tomou até o final.


No início já temos o famoso clichê de notícia televisiva. Era uma nova era para a polícia de Joanesburgo na África do Sul (o que tirou um pouco o esperado de sempre ser no Estados Unidos e, sinceramente, foi um dos motivos que me fez ter mais interesse ao longo da obra) Uma força robótica e inviolável estava, com eficácia, diminuindo a criminalidade.


A segurança dita como "inviolável" era muito simples de ser violada. O pen-drive que tinha o poder de "criar" novos robôs basicamente some e ninguém percebe a real gravidade de tal ocorrido, caso o objeto caísse em mãos erradas. Porque, por mais impressionante que seja, não usaram os robôs para força militar. Grandes potências mundiais se interessavam pela tecnologia, contudo sem se manifestar até onde o filme deu a entender.


Admito que nos são passadas muitas informações no decorrer da história; Um robô que é um projeto dos sentimentos em uma máquina, foi um resultado bem mais suave do que esperava, principalmente quando ficou mais a mercê de bandidos do que um apoio concreto de ética e moral.


Ficou explícito que seria, no início, como criar um robô com a mentalidade infantil que com alta capacidade de evolução, porém, ainda um processo de desenvolvimento. Crianças são facilmente induzidas pelo comportamento dos seus responsáveis e pelas informações que recebe do lugar onde vive. Foi meio inesperado que por mais que fosse manipulado, uma parte moral continuou intacta.

É um pouco fantasioso que uma criatura com emocional e facilmente manipulável, não seja realmente corrompido. Por mais que ache uma visão bela que as coisas que tenha feito de errado, fosse por causa de seus "pais", está mais para uma vida ilusória onde todos que o conhecem só queriam usá-lo.


A aparição de um vilão, que por mais que quisessem mostrar que haveria um desde o começo, foi muito sem noção. Colocaram um cara estereotipado, apesar da boa atuação de Hugh Jackman (ator que interpretava o Wolverine), ainda foi uma parte do enredo bem absurda e sem embasamento.


Chappie me cativou pela ingenuidade em um enredo um pouco confuso e cheio de mensagens de diferentes tipos que não tinha um foco central. Ainda assim foi bom ver sua trajetória.


O final foi conveniente de maneira mal trabalhada, mas suportável. Guardar uma consciência em um pen-drive sem realmente transferi-la, seria apenas uma cópia com a mesma frequência e memória daquela pessoa, não ela realmente. E fazer uma descoberta grandiosa como saber calcular a consciência de maneira tão casual, não traz a importância que isso deveria para o resultado final do filme Chappie.


O visual do filme é limpo com o objetivo da cena, com detalhes sutis que complementam o cenário. Uma parte é ambientada na zona pobre, com o lixões em volta e dialeto usado cheio de gírias próprias, enquanto a outra parte é a empresa fabricante dos robôs policiais, que além de ter tonalidades mais neutras é duramente mais sofisticada em comparação ao outro lado da cidade.


As críticas sociais poderiam ter sido bem mais aproveitadas, entretanto o que houve foi um foco maior no lado sentimental, sem realmente se aprofundar no desenvolvimento emocional dos personagens. Em resumo: Um estereótipo imperfeito de relacionamento familiar.


Chappie é um filme que tem seus momentos de comédia, e sem uma história muito trabalhada, contudo consegue fazer com que tenhamos simpatia pelos personagens e nos divertir em alguns momentos.


Você pode achá-lo para assistir na Netflix. Ele é um pouco cumprido, mas é um bom filme para passar o tempo e refletir um pouco.


Tenham um ótimo final de semana e que a paz esteja convosco.


Bye bye.



"A sorte está do lado vencedor ou do perdedor quando a vitória não vale a pena?"

R.W.

Leia também...

|.| Filme|.| Klaus




Fonte: http://www.adorocinema.com/filmes/filme-189702/criticas-adorocinema/, https://www.trabalhosgratuitos.com/Outras/Diversos/Resenha-Cr%C3%ADtica-Resumo-do-Filme-Chappie-I-1151283.html.











Destaques

Posts Recentes

Arquivos

Tags

Siga a gente

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon