Resenhando: (Des)encanto


Oi, tudo bom, amebas? Quem ainda não assistiu? Do mesmo criador dos Simpsons e de Futurama, e original da Netflix é um desenho adulto carregado de humor negro e criticas sociais. E personagens femininas formidantes.


Tibeane é uma princesa do Reino dos Sonhos e é obrigada a ser noiva de alguém que mal conhecia por assuntos diplomáticos do reino. E essa é então a única parte da história que parece normal. Tudo desanda no casamento quando um demônio é mandado para atormentar Bean, mas ela não era exatamente o típico de princesa que precisava ser corrompida, porque ela já era por si só.


Ao longo dos episódios fica claro que tanto o Rei do Reino dos Sonhos, o pai de Bean e Bean não era os melhores da monarquia. Os plebeus morrem seja por causa da peste ou jogados ao mar ou assassinados por acidente de Bean ou mortos sem muita relevância. Sinceramente nem sei como tem gente ainda naquele reino.


Junto com Luci, seu demônio particular, e Elfo, basicamente um elfo mesmo, aliás um dos personagens que só se fode, é usado em experimentos por causa de eu sangue mágico, é apaixonado por Bean, além de ninguém saber quem é sua mãe misteriosa, no caso na primeira temporada, porque na segunda também se fode.


Bem, uma das coisas mais legais, além do humor é a magia, você nunca sabe o que é normal naquele reino e o que não é. Ao mesmo que tudo é bem aleatório, também não é. Os episódios parecem ser curtos, e são. Os acontecimentos são bem imprevisíveis mas incrivelmente espontâneo e divertido.


Tem uma quantidade meio exagerada de violência, que de alguma forma a gente acaba se acostumando. A amizade de Bean, o Elfo e Luci é tão verdadeira quanto caótica e estranhamente abusiva e dependente.


Desencanto é um desenho bem mais complexo do que parece ser inicialmente. E, oh, reizinho para escolher mulher foda. A reflexões e crises existências, apesar de passageiras elas acabam se tornando relevante para quem assiste. Os personagens possuem uma profundidade instigante tão natural em meio a todo aos acontecimentos aleatórios.



Estou ansiosa pelas próxima temporadas, por que ao mesmo tempo que consegui entender um pouco da trama, ainda não entendi grande parte, maioria, para ser sincera.


Espero que tenham gostado!


"O amor pode ser o que temos de mais inerente em nós, mas é o conhecimento que realmente nos transforma em alguém melhor."

R.W.

Veja mais...

Resenha: O Mundo Sombrio de Sabrina










Destaques