Resenha |.| A culpa e das estrelas - John Green


Autora : John Green

Paginas: 288

Editora: intrínseca



A culpa e das estrelas e um dos livros mais discutidos da internet, e sua versão cinematográfica como um dos filmes mais vistos e com tema mais melancólicos já lançados depois de Titanic.

Bem demorei muito para fazer a resenha desse livro, pós eu fiz a leitura dele quando ele estava na estrei, e depois que vendi o exemplar fiquei sem sabem por onde começar a fazer a resenha, bem posso disse que e um dos livros que foi muito bem escrito, o autor consegui retratar um história fantástica que foi capais de emocionar milhões de pessoas, até mesmos pessoa que não leram a obra, esperaram ansiosos pelo filme entra em cartaz, e com base em um dos sites de venda, dizem que até hoje e um dos livros mais procurados de todos os tempos.

O livro conta a história de Hazel uma adolescente que tem uma doença muito grave "câncer", e durante muito tempo ela fazia tratamento em casa, mas as coisas não estavam indo muito bem, então sua mãe escreve ela para fazer uma parte de um grupo de apoio, ela reclama muito no começo, mas com o passa dos tempo ela acaba fazendo novos amigos e acaba tendo uma quedinha por um garoto que se chamava Augustos ou "Gus", ele estava lá para acompanha o amigo que também tem câncer nos olhos, que guando pequeno avia tirado um dos olhos por cauda da doença.podemos ver claramente que as história feitas por John Green acabam ser tornado um vício muito grande pós a história aborda um tema tão pesado e simplesmente implacável que e transformado em algo doce e simplesmente bem humorado, uma nova aventura começa quando um dos famoso diretores de um serie muito querida de Hazel e cancelada e ela tenta descobri respostas de um final inacabado. E Gus acompanha ela e nessa grande jornada, e se vê que as coisas eternas tem muito significados como por exemplo, existe milhares de números entre 0 a 1,e isso acaba se tornado uma forma infinita de se mante firmes, em uma relacionamento simplesmente indescritível, mas que tem suas limitações , como por exemplo eles dois sabem que um dia voam morre, e que um dia todos nós vamos morre, mas eles dois preferem se manter ligado em relações mais perfeita e infinitamente mais lindas como por exemplo, vou te amar por toda a eternidade e etc... .

Lembro de quando li a obra de John Green recordo-me de ter ficado muito tempo com ressaca literária, o livro tem muitas versões positivas, como o fato de tentarmos ser felizes com nossas limitações, e não adiante eu falar o final pois muita gente já sabe o final do livro. Hoje recomendo para aqueles que não tiveram contado com a história escrita e bom que tenham pós a história a e algo infinitamente bom, que te faz refleti muito sobre a vida e momentos difíceis. É e necessário muita força para não chora. Bem e isso até o próximo post um forte abraço.

"- O.k. – ele disse, depois do que pareceu ser uma eternidade. – Talvez o.k. venha a ser o nosso sempre.

- O.k. – falei.

E foi o Augustus quem desligou…”

Para sempre é infinito, e é preciso coragem para fazer declarações que representam tal grandeza. -- Mesmero H.L. Anjens


Destaques

Posts Recentes

Arquivos

Tags

Siga a gente

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon