Novas Leituras! A Caçadora de Dragões e Lua Vermelha

Olá, gentee! Meu aniversário está chegando e ganhei dois livros de presente! Um já estava na minha lista de leitura e nem sabia "A Caçadora de Dragões" de Kristen Ciccarelli, e o outro que já desisti da compra, e venceu essa vez foi Lua Vermelha de Miranda Gray.


Os dois são livros de gêneros diferente, um de ficção e o outro de espiritualidade. Basicamente estava muito ansiosa para lê-los, assim que puder encaixar entre Insônia e a saga da Irmandade da Adaga Negra que estou lendo bastante recentemente.


Nenhum do dois eu comecei ler ainda então estou bem ansiosa para lê-los. Estou voltando ler livro, um atrás do outro, sem me cansar só por agora. Consegui ler um pouco de algumas Sagas ano passado como Harry Potter, mas até agora não terminei.




SINOPSE: Primeiro volume de uma trilogia fantástica, em que dragões e humanos estão em guerra ― e cabe a uma garota matar todos eles. Quando era criança, Asha, a filha do rei de Firgaard, era atormentada por sucessivos pesadelos. Para ajudá-la, a única solução que sua mãe encontrou foi lhe contar histórias antigas, que muitos temiam ser capazes de atrair dragões, os maiores inimigos do reino. Envolvida pelos contos, a pequena Asha acabou despertando Kozu, o mais feroz de todos os dragões, que queimou a cidade e matou milhares de pessoas ― um peso que a garota ainda carrega nas costas. Agora, aos dezessete anos, ela se tornou uma caçadora de dragões temida por todos. Quando recebe de seu pai a missão de matar Kozu, Asha vê uma oportunidade de se redimir frente a seu povo. Mas a garota não vai conseguir concluir a tarefa sem antes descobrir a verdade sobre si mesma ― e perceber que mesmo as pessoas destinadas à maldade podem mudar o próprio destino.


Acho que estou flertando esse livro desde a última vez que estive na Leitura. Achei ela tão simples, mas muito bonita, além de um nome um pouco chamativo que provocou minha curiosidade. Gosto de Seres Místicos, inclusive dragões. E sempre me interessei em "Caçadores" (Caçadora de Unicórnios, Instrumentos Mortais, Witch Hunter...)




SINOPSE: Em Lua Vermelha, Miranda Gray resgata a sabedoria do sagrado feminino para mostrar às mulheres modernas como elas podem voltar a aceitar a sua natureza cíclica e se reconciliar com todos os aspectos da feminilidade. Explorando arquétipos da menstruação e da condição feminina contidos na simbologia de mitos, lendas e contos de fadas, a autora oferece métodos e exercícios práticos para você entrar em sintonia com o seu ciclo menstrual, e assim impulsionar sua criatividade, viver sua sexualidade plenamente e aceitar as mudanças naturais do seu corpo e da sua vida.


Esse já estou namorando a meses. Até disputou com Luz Emergente e outros livros passados. Estou bem atrasada quanto ao que poderia já ter aprendido espiritualmente. E como estou retomando com os estudos, por que não sobre o sagrado feminino?


O que acham desses livros? Já leram algum deles ou já se interessaram em ler?



"A majestividade está em ser nobre em suas intenções em um mundo corrompido de falsa realidades e forte ilusões."

R.W.








Destaques

Posts Recentes

Arquivos

Tags

Siga a gente

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon