Limão X DHT

Como já sabemos, o limão é uma grande fonte de vitamina C e é um dos frutos se não o fruto mais usado no mundo medicinalmente. O que muitos não sabem é dos seus efeitos terapêuticos nos nossos cabelos. Este é um fruto que pode muito bem servir como tratamento caseiro no combate à queda de cabelo, à oleosidade capilar, além de nutrir, dar volume e ainda atribuir um brilho perfeito da raiz até as pontas do fio! A vantagem de ser um produto natural põe de parte o receio que temos em mente sobre os possíveis efeitos colaterais de cosméticos capilares que se vendem no mercado.

Queda de cabelo Este tratamento deverá ser cumprido com uma duração mínima de 2 meses para que surjam efeitos visíveis. A preparação é bem simples, basta espremer o suco do limão para um recipiente (coando-o), de seguida adicione 50% de água (para não ser tão agressivo à raiz). Aplique o produto no couro cabeludo durante cerca de 15 minutos massajando-o suavemente de modo a activar a circulação sanguínea e consequentemente a oxigenar a zona capilar. Ao fim dos 15 minutos poderá passar o cabelo por água (fria ou morna) e se quiser usar um shampoos, recomenda-se que seja bastante suave (de bebé por exemplo ou ph neutro), para não irritar em demasia o couro cabeludo. A frequência deste tratamento pode ser levada dia sim dia não (para cabelos oleosos), ou de 2 em 2 dias (para cabelos normais). Cabelos Oleosos Uma vez que tem cabelos oleosos, poderá sempre que bem entender, recorrer a esta estratégia de controle. Tente arranjar um frasco de spray como o da imagem a baixo. De seguida faça o mesmo procedimento em cima referido para o suco de limão e não se esqueça de coar a solução (para não levar pedaços e assim evitar o entupimento do frasco). Comece o tratamento aplicando o spray no cabelo, massajando-o (1 vez por dia) de forma a penetrar no couro cabeludo, desinfectando e nutrindo a raiz. Não espalhe em demasia, pois não irá lavar o cabelo de seguida. Sempre que lavar o cabelo, use os tais shampoos suaves, uma vez que muitos dos shampoos fortes desencadeiam a acção descontrolada das glândulas sebáceas por ressecamento. Na segunda semana tente lavar o cabelo com menos frequência (dia sim dia não) e tente secar a oleosidade do cabelo com uma toalha. Se necessitar de lava-lo, tente apenas uma passagem por água fria. É muito importante activar a microcirculação capilar e evitar produtos agressivos. Em pouco tempo verá uma redução drástica da oleosidade no seu cabelo

Destaques

Posts Recentes

Arquivos

Tags

Siga a gente

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon