Resenha | Shadowhunters | 1ª Temporada | Episódio 002- A descida não é fácil.

É galera eu sei, já é muito tarde para fazer a resenha do episodio 02 de Shadowhunters, mas fazer o que, é vida. Não está fácil para ninguém, então como prometido estamos fazendo resenha dos episódios separados e individuais, mesmo que isso consuma tempo e esforço. Acho que é um sacrificial válido, já que temos muito amor tanto pela série de livros quanto, claro, pela a série de Tv, que não caso está sendo lançada pela a nossa maravilhosa NetFlix ... Coisa maravilhosa. Mas aqui entre nós, só queremos entender o por quê isso não acontece com "Harry Potter" e outros livros que só tiveram filmes. Fazer o quê, né? Já é um começo fazerem a série que vamos resenhar até o fim. Então vamos para a resenha de fato!


O episódio 2, foi lançado dia 19 de janeiro de 2016, e tem como foco principal a busca pela mãe de Clary, coisa que continua ainda por alguns episódios, porém vamos com calma, a mãe de Clary recusou entregar o cálice mortal, e desapareceu diante de tudo, fazendo com que sua localização e a do cálice mortal fossem desconhecidas.


Diante disso, os Shadowhunters procuraram o Cálice Mortal, já que é um Instrumento místico poderoso, que estando em mão erradas, poderia, com facilidade, acabar com a humanidade, ou pior, com toda a ordem estabelecida pelo o Anjo Raziel.


O que posso dizer destes primeiros episódios é que os efeitos especiais e a atuação dos atores são bem amadoras, fazendo com que algumas coisas fiquem monótonas de se assistir, principalmente depois de ver que existe um filme que conta praticamente a mesma coisa com efeitos e atuações um tanto quanto melhores.


Contudo, ainda podemos dizer e que as coisas vão melhorar mais com um pouco ao longo do tempo. Acho que é o que dizem, sobre incorporar o personagem.


Neste episódio também é mostrado um pouco sobre o mundo dos Caçadores de Sombras, tais como treinamentos, tecnologia usada para combater demônios e coisa tal. É também apresentado o Simon que estava apenas acompanhando a amiga Clary até então. Claramente com medo de perder sua amiga para um desconhecido com tatuagens estranhas e olhar penetrante.

Mesmo isso sendo pouco explorado até agora, mas o romance fictício de Simon deixa as coisas um tanto quanto shippáveis já que o romance principal se trata de Clary e Jace, e claro outros personagem que futuramente terão foco com Isabelle e Rafael (O vampiro) e Magnus (o feiticeiro) e Alec, mas isso fica um pouco confuso para muitos que estão assistindo a serie por esporte e não leram as obras da Rainha Cassandra Clare. Mas como se trata do segundo episódio é algo que relevamos.


E quando vemos também o pavoroso Irmãos do Silêncio, guardiões dos Instrumentos Mortais e de coisas como a Cidade dos ossos. (E dado esse nome por se tratar do cemitério de caçadores de sombras) e também das leis estabelecidas, tais como casamentos na clave e retirada e consagrações de caçadores. Mesmo não tendo aparência muito bonita, eles tem algumas coisas misteriosas que são muito exploradas no primeiro e no segundo livro da autora.


Vemos também como algumas runas funcionam e como algumas outras coisas como o equilíbrio entre o mundo dos Caçadores e dos seris místicos do local. Neste episódio também há um pouco do ritual de quebra de feitiço feito por Magnus bane, o feiticeiro que apagou as memórias de Clary, por ordem da mãe, durante toda sua vida.


Algumas coisas são exploradas, em pouquíssimo tempo. Ah sim, aprendemos um pouco mais sobre eles e de como as coisas são feitas, através de muita lenga lenga e sarcasmos (Me refiro as conversas paralelas dos personagens)



Bem, esta é uma resenha curta sobre o que aconteceu no segundo episódio de Shadowhunters, espero que tenham gostado. Em breve faremos dos outros capítulos, pedimos um pouco de paciência, pois está sendo um pouco complicado organizar uma agenda de postagens e de estudos com a faculdade e outros contratempos.




Destaques

Posts Recentes

Arquivos

Tags

Siga a gente

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon