Resenha : Dezesseis Luas


Título: Dezesseis Luas (Beautiful Creatures) Autores(as): Kami Garcia e Margaret Stohl

Editora: Galera

Ano: 2011

Páginas: 488

Sinopse: Ethan é um garoto normal de uma pequena cidade do sul dos Estados Unidos e totalmente atormentado por sonhos, ou melhor, pesadelos com uma garota que ele nunca conheceu. Até que ela aparece... Lena Duchannes é uma adolescente que luta para esconder seus poderes e uma maldição que assombra sua família há gerações. Mais que um romance entre eles, há um segredo decisivo que pode vir à tona. Eleito pelo Amazon um dos melhores livros de ficção de 2009. Direitos de tradução vendidos para 24 países. Um filme da série está sendo produzido. "Pacote completo: um cenário assustador, uma maldição fatal, reencarnação, feitiços, bruxaria, vudu e personagens que simplesmente prenderão o leitor até o fim..."


***


Posso dizer com absoluta certeza de que esse livro e um dos que eu mais gostei de ler, reler e reviver as paginas. E incrível a nostalgia que eu sinto relendo esse livro, ela me invade de uma forma extremamente forte, que me deixa um tanto quento submerso em magia. Isso e uma das coisas que eu mais amo na literatura, Nós levar para lugares a onde conseguimos sentir cheiros, sons e até mesmo a brisa que muitas vezes e mencionada nele.


Dezesseis luas eu li quando estava terminando crepúsculo e mesmo achando o romance um tanto quanto parecido, algo tinha de diferente, ou melhor algo não muitas coisas, Pois como a própria Stefane Mayer disse nem um autor termina um livro da mesma maneira todos nos temos motivações e inspirações distantes. Mas dezesseis luar e diferente ele carrega um coisa intensa em suas paginas, e ver o narrador ser um garoto e algo que que eu particularmente gostei muito, pois e impressionante a quantidade de livros com o gênero que tem garotas inseguras de si mesmas narrando coisas maravilhosas que aconteceram com elas. Mas foi muito divertido ver que Ethan o narrador principal tendo suas crises de raiva de amor e surtos de insonia.


Outra coisa que me conquistou muito foi o universo que ambas as autoras conseguiram empenhar para a trama, quando falamos em magia logo vem em nossas cabeças Harry Potter e coisas do gênero, mais ver que até os bruxos tem nomes diferentes e formas da magia se fazer presente torna as coisas bem mais interessantes. Os conjuradores tem um certo tempo para serem invocados pela a luz ou pelas as trevas, e no caso vemos nosso protagonista sofrendo com a garota nova que acaba de vir para a cidade e Lena (Ha tal garota). Lena está perto de fazer Dezesseis anos e terá que ser invocada pela as trevas ou pela a luz, mas e diferente para ela já que Lena será invocada por uma das luas mais poderosas que já existiu, e ainda temos o fato de esta tendo uma maldição, que tornara as coisas mais complicadas. Ethan acaba de ver a injustiça que Lena passa durante a trama da historias, e resolve se aproximar e com a aproximação ele acaba se apaixonando pela a garota misteriosa .

Lena sendo uma parente de um dos fundadores da cidade, acaba se envolvendo em lendas criadas pelos próprios moradores, e desde suas aparições coisas estranhas começam a aparecer na cidade. o que faz com que os moradores fiquem mais focados em expulsar a família de lá.

Quando Lena e Ethan se juntam de fato, Lena acaba falando sobre a maldição e como e ser invocada pela a lua, fala também que sua família e circundada de conjuradores das trevas, e mudar de lado e a mesma coisas de ficar fraco e morrer ao poucos. Então Ethan descobre que a magia sempre esteve a sua volta, até Ama uma das cuidadoras de Ethan e amiga da mãe guarda grandes segredos. e isso faz com que Ethan e Lena façam de tudo para fazer com que Lena Encontre a luz dentro de si, e quebre a maldição que circunda sua família desdo seculo passado.

E uma trama bem gostosa de se ler e curtir todas as paginas em uma tarde fria de inverno. O livro sempre me trasporta para a cidadezinha de Lena e Ethan e ver que alguns amores estão de fato amaldiçoados me deixa encantado em todos os sentidos.

Mesmo quando o destino nos da uma maldição, devemos lutar contra ela para tentarmos ser livres novamente.

-Mesmero H.L. Anjens

Destaques

Posts Recentes

Arquivos

Tags

Siga a gente

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon