Só sei que nada sei!


Não estou aqui para convencer ninguém, pois não sou capaz de fazer isso. Mas sou sim capaz de modo igual mostrar minhas provas, e se assim quem quiser acreditar que acreditem; e se não quiserem, não cabe a mim falar, só cabe ao meu ser sofrer. Fico impressionado com muitas coisas, mas principalmente com a quantidade de gente para apontar o dedo diante da minha face e dizer com orgulho que sou ou não aceito por você.

Mas uma coisa que não levaram em consideração, quem precisa aceitar aqui sou eu. Sou incapaz de viver sem mim e assim como um espelho devemos nos amar, para fazermos com que conseguirmos amar os outros. E como o ditados devemos mesmo sermos de fato de corpo e alma a imagem e semelhança de Deus. Agora assim como as bruxas na santa inquisição, assim como os negros nos tempos de alforria, vivemos uma época em que as pessoas estão sendo mortas por serem o que são, o que aconteceria se eu mata-se todos o que tem olhos negros, e nada acontece-se comigo eu me sentiria no direito de fazer assim justiça com minhas próprias mão a acima de tudo convencer novas pessoas que tal coisa e erradas e por isso esta pessoa que tem o olho de tal cor seja mandando para o inferno.

E outra coisa importante foi revelando pela a própria igreja católica que o inferno não existe, isso e uma notícia não temos como saber se isso e verdade ou não, se o inferno não existe ele foi criando para dar medos aos fies, e assim sacrificarem seu sonhos, o que torna as coisas mas complicadas para a pessoas que está plantando o mal para colher assassinato. Eu tenho todo e motivo de revolta por que o ser humano preciso de algo para odiar assim como alguns precisam de algo para amar.


O que você acredita só diz respeito a você e a mais ninguém, se e Bruxo, Mago, Feiticeiro, Cristão, Evangelista, seja lá o que for, nunca seremos capazes de tirar das nossas costas certas coisas que a sociedade nos empurrar que nada mais e do que o preconceito e ter ganancia. Isso sempre vai ter em qualquer ser humano. Por isso cria eu que mesmo algumas pessoas falando que muitas vezes a religião defina o que você é, eu crio que não já que a religião nada mais e do que um complemento a você assim como sua sexualidade.

Devemos tomar muito cuidado também no sentido de julgarmos e ao sermos julgados pois quanto mais vemos que a vida e cheia de obstáculos mas julgamos, e assim mais nos vemos em linhas que ao passar do tempo se tornam teias de aranha passasse de nos prender para sermos devorados por nos mesmo, ou seja sermos julgados. E muito fácil julgar alguém, por isso todos fazem o que uns tem de sobra alguns, outros tem pouco e assim vai fazendo com que a vida se flagele mais e mais.

As pessoas não estão prontas para a fé se não são capazes de deixar de viver a vida dos outros para viver suas próprias vidas, até nos livros e assim as pessoas ficam curiosas para saber o que tal pessoas faz ou deixa de fazer e claro saber o que vai a acontecer com ela já que ela trilhou aquele caminho. A fé se ressume a mais que um simples arrepio momentâneo, a fé e saber que tudo vai dar certo mesmo quando tudo está dando errado. E esse e o coração das pessoas que estão sempre ao nosso redor causando e mostrado as verdadeiras garras. Par sempre se encaixarem em padrões que com o tempo vão se quebrar e nunca mais existirem.

Será mesmo que a vida do homo sapiens e feita de divisores e não se somas, pois o nome religião vem do latim religarem, e não, não estamos ligados, estamos mais dividi-os mais do que nunca já que vimos. Incapazes de estender a mão para quem precisa, e as desculpas, mas esfarrapadas que escoltamos e; não ele vai usar droga; ele vai beber de cerveja ou cachaça. E quem e você para julga o que ele vai fazer com o que você deu para aquele ser, se você deu não te pertence mais. Não e mesmo?

E o maior sentimento do mundo hoje se torna destroços de um mundo cercado de pessoas fúteis e sem sonhos, o amor que todos, eu disse todos, os maiores liderem falavam está quebrado e tudo o que encontramos e morte, assim como o fim de muitas guerras, e se procurarmos entre os mortos um vivo, e uma luz apagada pela a ignorância de poucos que não saber em nem são capazes de saber quanto vale uma vida. E isso eu posso responder, vale muito, mas para nós humanos não vale nada. Somos abutres da própria carne, servos do próprio sangue e prisioneiros de todos os pecados. Menos os que passam despercebidos pelos os olhos de seus julgadores a" liberdade e os sonhos "


Destaques

Posts Recentes

Arquivos

Tags

Siga a gente

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon