Sobre minha Religião.

Como e muito comum as pessoas dizerem o que e normal; ou não é, falam sua religião para se sentirem mais comuns ou completos consigo mesmo, e como vejo muitos posts assim decidi depois de muito insistência fazer esse post.

O que é ou deixa de ser comum, só aquilo que acontece com mais frequência. -- XxX Holíc "Sra: Yuuko"


Desculpa meus povos e povas, como estão vocês? estão eu esqueci de falar "Oi" para vocês. RsRsR. Bem a primeira consideração que tenho a fazer e, eu sou de família católica/Evangélica. E vamos dizer assim que meio que eles são bem paranoicos ( Minto são muito paranoicos ), pois eu vejo muitas pessoas que vivem o mesmo drama que o meu.

Bem para quem não sabe eu sou de Brasília, e aqui e muito complicado encontras pessoas que acreditassem nas mesmas coisas que eu acredito, pois todos nos temos motivações para acreditar em algo, ou não acreditar.

Mas uma coisa que e muito importante falar antes é sobre o que eu acredito ou não, é importante darmos nomes as coisas, o que é religião :

Religião é uma fé, uma devoção a tudo que é considerado sagrado. É um culto que aproxima o homem das entidades a quem são atribuídas poderes sobrenaturais. É uma crença em que as pessoas buscam a satisfação nas práticas religiosas ou na fé, para superar o sofrimento e alcançar a felicidade.

Religião é também um conjunto de princípios, crenças e práticas de doutrinas religiosas, baseadas em livros sagrados, que unem seus seguidores numa mesma comunidade moral, chamada Igreja.

Todos os tipos de religião têm seus fundamentos, algumas se baseiam em diversas análises filosóficas, que explicam o que somos e porque viemos ao mundo. Outras se sobressaem pela fé e outras em extensos ensinamentos éticos.

(Texto tirado de https://www.significados.com.br/religiao/)


Ou seja no fim das contas a religião ela veio para unir as pessoas cujo acreditam em algo, a praticar aquilo, pois como o próprio nome da vertente do latim que diz: Religião - Religare que significa no meu idioma de banca de revista. União.

E um caminho muito diferente do que vemos, e isso eu queria muito falar (Mas vai ficar para outro post) sobre, pois eu fico estremante estupefato com a quantidade de pessoas que tentam opinar sobre isso e fazer da sua religião a principal de todas as vertentes. "Ou seja de tudo". Pois vou logo dizendo que eu não tenho o intuito de vim aqui gastar minha beleza, meu tempo que e muito precioso para tentar provar ou convencer você do que e verdade ou não, e até mesmo porque não existe uma verdade absoluta, todos nos temos verdades, e sendo assim nenhum ser e absolutamente reverenciado, pois a vida e feita de pessoas que acreditam ou não em certas coisas. e assim sempre será.

Bem agora sim vamos falar sobre o que eu acredito ou melhor o que eu sigo, já que vejo muitas duvidas e muitas pessoas vem me perguntar e sinto que outras porcentagem de pessoas tem um receio de perguntar que acabam ficando com a pulga atrás da orelha. es que aqui está! Eu sou vertente magica ou seja eu não sou normal eu sou natural como uma das minhas mentoras diz (Mentora : Ivana Regina) Eu sigo a bruxaria já faz alguns anos, não sei tudo (Assim como todas pessoas), mas e uma religião, ou melhor e uma "filosofia de vida" que eu venho estudando dês dos meus 8 anos de idade. Pois era algo que eu me apaixonava muito, até mesmo a Disney veio com esse intuído positivo para mim, era incriável o que eu via a magia dos contos de fadas acontecer, e aquilo era extremamente grandioso para mim.

Confesso que tive momentos de recaída no intato de saber que aquilo era mais a magia do cinema do que a magia verdadeira. Mas nada me tirava da cabeça e assim eu continuava estudando, pois eu sempre tive uma curiosidade muito nata, e isso só ia crescendo dentro de mim. E posso dizer que com ajuda da magia eu me Curei de Depressão, de coisas que eu sabia que não teria forças para superar e outras coisas que luto até hoje que e o caso e o "TDAH é um transtorno de déficit de atenção " posso falar sobre essas coisas em outro post, se quiserem.

E posso dizer que quanto mais eu estudava mais eu aprendia coisas novas mais eu conseguia superas algumas coisas e mais eu criava forças para me reerguer novamente e lutas mais um dia no mundo real. Um mundo que posso dizer com todas as cartas na mesa que não e uma realidade muito fácil de se lidar. Vi meus dons se aflorarem e vi outros serem descartados por mim, mas aprendei com o passar do tempo que todos os dons tem motivos muito verdadeiros para existir. E também aprendi que ter dons e uma coisa normal ou melhor natural, que todos tem a capacidade de ter, mas poucos tem a força para aflorá-los e mante-los.

Muitos me perguntam -- Então você e um bruxo?

E eu sempre digo -- Não eu ou um Mago!

E consequentemente elas dizem -- e a mesma coisa?

eu sempre tendo dizer que não e não. Tem uma diferença se e não. Não teria dois nomes diferentes para um mesmo objeto. (A não ser que seja bolacha X biscoito ai e outro caso! rsrsr)

Tem uma grande diferença entre os nomes e no que cada um representa, mas basicamente pelo o Wikipedia diz o seguinte O Mago tem um espirito velho e usa e domina as forças da natureza. O Bruxo usa as forças, mas não as domina.


Mas porque me considero um mago, já que sou a quase mesma coisa de um bruxo? Eu me considero um mago pelo o meu espirito ser muito velho, e assim capaz de ver algumas situações, claro não sou capaz de ver o quadro todo, Ninguém é, mas sou capaz de ver o que vocês precisa neste exato momento.


Bem, bruxinhas (os) espero que tenha curtido muito essa primeira parte do que eu acredito, claro que terão muitas outras partes pois e impossível assim como disser vermos o quadro todo, mas podemos tentar não e mesmo >< Um forte beijo no seu coração. É te o próximo post <3





Destaques

Posts Recentes

Arquivos

Tags

Siga a gente

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon